sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioNotíciasSobe para 66 o número de mortos por causa da forte chuva...

Sobe para 66 o número de mortos por causa da forte chuva em Petrópolis-RJ

O prefeito decretou luto oficial de três dias por conta das mortes registradas em função das fortes chuvas que afetaram a cidade

Subiu para 66 o número de mortos em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, por causa da chuva. O número de ocorrências chega a 229, das quais 189 são de deslizamentos. Nessas condições a cidade está em alerta máximo e funciona em Estágio Operacional de Crise. Mais de 20 pessoas foram resgatadas e mais de 370 estão desabrigadas. Cerca de 180 pessoas foram acolhidas. 

“É um cenário de guerra, de carro pendurado em poste. São mais de 400 bombeiros aqui trabalhando e homens da Defesa Civil. Já estamos pensando em um processo de reconstrução, ou seja, linha de crédito, reparo, e inclusive moradias populares”, afirmou o governador Cláudio Castro (PL). 

“O governo do estado vai resolver e não vai se repetir o que aconteceu em 2011. Se o estado tiver que colocar o dinheiro para fazer, vai fazer. Eu não saio daqui enquanto não tiver organizado o trabalho. O estado tem capacidade de investimento para fazer investimentos necessários e não depender de ninguém, ainda que toda ajuda seja preciosa e válida”, destacou Castro que também afirmou que conversou com o presidente Bolsonaro (PL) e com o ministro o Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (PL).  

“São 44 pontos que o Corpo de Bombeiros estão trabalhando com as equipes de salvamento. Estamos montando um hospital de campanha e nossa equipe vai ficar aqui 24 horas trabalhando até voltar a normalidade”, disse o coronel Leandro Monteiro, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado Rio de Janeiro.  

“A cidade se encontra devastada, um passivo do ponto de vista estrutural gigantesco. Uma situação muito difícil. Petrópolis já tinha sido vítima de muita chuva no mês de janeiro e agora veio essa chuva maior”, disse o prefeito Rubens Bomtempo (PSB) em entrevista.

O prefeito decretou luto oficial de três dias por conta das mortes registradas em função das fortes chuvas que afetaram a cidade, na última terça-feira (15).

No momento, 184 pessoas estão sendo atendidas nas estruturas de apoio, em sua maioria escolas, com o suporte de assistentes sociais, profissionais de Saúde, Educação e Agentes Comunitários, além da Defesa Civil.

Um hospital de campanha vai ser instalado para o auxílio à população. 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments