sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioNotíciasÍndice de preços dos supermercados (IPS) registra inflação de 0,92% em janeiro

Índice de preços dos supermercados (IPS) registra inflação de 0,92% em janeiro

Apesar da alta, alguns cortes suínos e bovinos apresentaram queda no período

O Índice de Preços dos Supermercados (IPS), calculado pela Associação Paulista de Supermercados (APAS), em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), registrou em janeiro inflação de 0,92% e de 10,11% no acumulado de 12 meses. 

Os cortes bovinos, depois de subida de 13,85% no ano passado, apresentaram itens com redução de preço em janeiro, como é o caso do coxão mole, com deflação de 2,29%. A tendência é de estabilidade no valor da proteína bovina neste 1º trimestre. A projeção é baseada no equilíbrio dos custos de produção decorrente da acomodação dos preços da soja e do milho, commodities utilizadas na produção da ração dos animais.

A cesta dos suínos teve deflação de 6,63% nos últimos 12 meses e quedas importantes no preço de alguns cortes em janeiro, como pernil (-6,43%) e lombo (-5,17%). Essa deve continuar a ser uma opção de proteína animal a bom preço para o consumidor durante todo o trimestre. Depois, segundo Diego Pereira, economista da APAS, os preços podem subir, “já que a Rússia elevou sua cota de importação de carnes suínas e um possível posicionamento de aquisição de carnes brasileiras poderá alterar os valores no mercado interno”, explica.

Efeitos climáticos impactam no preço dos hortifrutigranjeiros

Dentre os hortifrutigranjeiros (produtos in natura), o IPS geral registrado em janeiro aumentou 4,03% e 4,63% nos últimos 12 meses, principalmente por conta da alta dos legumes e verduras, que inflacionaram 12,21 % e 3,05% em janeiro, respectivamente.

O setor agrícola foi fortemente impactado em 2021 pelas alterações climáticas, que comprometeram muitas safras de commodities e de hortifrutigranjeiros. As chuvas registradas nos meses de janeiro e dezembro prejudicaram a colheita, o escoamento e a oferta dos produtos, o que levou à inflação desse grupo de alimentos.

Somam-se aos impactos das variações climáticas: a elevação no preço dos combustíveis, o alto custo da energia elétrica e a influência da inflação dos adubos e defensivos agrícolas no aumento do custo de produção de toda cadeia agrícola.

Industrializados têm alta

A cesta dos industrializados apresentou inflação puxada pela alta dos produtos derivados do trigo. Os itens panificados, com inflação de 1,65% em janeiro e de 10,99 % nos últimos 12 meses, pesaram no índice da categoria. O trigo utilizado na fabricação é importado, fator que afeta a cadeia produtiva com os efeitos da variação cambial. Mesmo com as estimativas da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) de uma produção de trigo 23,20% maior em relação à safra passada e da elevação de 17,00% na área cultivada, a tendência é de alta nos preços para os próximos meses.

Cenário de bebidas, produtos de higiene e limpeza

Bebidas não alcoólicas registraram inflação de 0,49% no mês e de 8,30% nos últimos 12 meses. Um dos principais itens da cesta que contribuiu para a elevação foi o refrigerante, que subiu 1,02% no mês passado. Já o preço das bebidas alcoólicas teve queda de 0,11%, influenciado pela deflação de 0,32% da cerveja.

A alta dos artigos de higiene e beleza foi de 1,03% em janeiro e de 10,66% nos últimos 12 meses, principalmente do sabonete: inflação de 5,35 % no mês e 27,77% em 12 meses. Os produtos de limpeza sofreram aumento de 0,13% em janeiro e de 13,47% no acumulado de 12 meses, com destaque para o sabão em pó, o item com a taxa mais elevada: 0,35%.

Sobre a APAS – Com 50 anos de tradição, a Associação Paulista de Supermercados representa o essencial setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento com a sociedade. A entidade, que possui 3 distritais na cidade de São Paulo e 13 regionais distribuídas estrategicamente pelo estado, conta hoje com 1.505 supermercados associados que somam 4.315 lojas.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments