sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioDecoração4 dicas na hora de comprar um mobiliário planejado

4 dicas na hora de comprar um mobiliário planejado

O mobiliário planejado em uma residência ou escritório é um dos pontos que exige maior atenção na hora da compra. Tanto pela vasta gama de opções em materiais, acabamentos e acessórios no mercado, como a segurança em se ter um bom projeto que una estética a funcionalidade. Para evitar erros e ter segurança na hora de escolher e não se arrepender, a Consultora de Relacionamentos da Evivva dá quatro dicas e explica o passo a passo na hora de pesquisar até chegar a definição da compra:

1 – Faça um planejamento detalhado do que você quer:

O primeiro passo é relacionar quais ambientes da casa vão precisar de mobiliário planejado. Relacionou? Então coloque uma ordem de prioridade, assim, se num primeiro momento o orçamento não couber no bolso, você poderá começar a investir nos cômodos prioritários e se programar para instalar nos secundários mais pra frente. Ou fazer pequenas alterações nos projetos, trocando acabamentos e acessórios, conseguindo assim, viabilizar o máximo de ambientes pretendido. O fato de conseguirmos planejar o móvel, faz com que possamos trabalhar a estética e o valor final dos projetos!

2 – Pesquise sobre os materiais disponíveis no mercado:

Você precisa ter em mente o quanto vai usufruir desse mobiliário no seu dia a dia e então, definir o quão funcional ele precisará ser ou se será mais pela estética do que pelo uso em si. Os materiais são inevitáveis nessa pesquisa, porque eles vão determinar a durabilidade, praticidade e apelo estético que você quer.

3 – Fique atento as espessuras do material e complementos dos móveis, como sistemas de aberturas, fechamentos e outras soluções disponíveis no mercado.

Um mobiliário mal planejado é aquele que pode ser bonito, mas que usualmente é um transtorno. Por isso, você precisa imaginar usando-o no dia a dia. Por exemplo, as portas do armário serão de abrir e fechar ou para ter uma maior otimização de espaço, talvez seja melhor optar por portas de correr? Ou então, tem filhos com o hábito de bater portas e gavetas? Que tal investir em móveis com amortecimento para evitar isso?

4 – Pense em um projeto planejado duradouro:

A todo o tempo, assim como na moda, no design inúmeras tendências e modismos vem à tona. Cuidado! Pense que esse tipo de investimento é algo para ser usado por um bom tempo e se você escolheu uma cozinha verde-limão porque viu em uma revista, será que daqui dois anos ela ainda vai te agradar da mesma forma?! Pense nisso!

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments