sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioEntretenimentoCarnaval: 45% dos brasileiros se sentem seguros para festejar, aponta pesquisa

Carnaval: 45% dos brasileiros se sentem seguros para festejar, aponta pesquisa

Levantamento foi feito pela TIM com cerca de 54 mil clientes em todo o país

O número de casos e, consequentemente, das hospitalizações por Covid-19 vem aumentando no Brasil devido a variante Ômicron, o que levou muitas prefeituras a cancelarem as folias oficiais de Carnaval neste ano. Mesmo assim, 45% dos brasileiros se sentem seguros para festejar no período. É o que aponta o levantamento do TIM Ads, plataforma de pesquisa da TIM, que entrevistou mais de 54 mil clientes pré-pagos de todo o país, entre os dias 20 e 30 de janeiro.

Para 22% dos respondentes é possível cair na folia mesmo sem o uso de máscara protegendo o nariz e a boca. Outros 23% afirmaram que só é seguro festejar o Carnaval com o uso da proteção. Já 29% dos entrevistados disseram que não se sentem seguros e apenas 10% alegaram que não vão participar da folia este ano. A pesquisa também registrou que 16% não têm uma opinião formada sobre o assunto.

O levantamento também perguntou o que o entrevistado pretende fazer nos dias de Carnaval. Para 29% dos respondentes, a folia será dentro de casa, mais que o dobro dos que faziam esta opção antes da pandemia. Empatados em segundo lugar na preferência do público, com 12%, estão ir à praia e assistir às escolas de samba. Aproveitar os dias de recesso em bares, shows e festas é o que pretendem fazer 8% dos entrevistados – a mesma porcentagem de quem vai participar de blocos carnavalescos. Completam a lista assistir os desfiles das escolas de samba (7%), viajar pelo Brasil (6%), participar de trio elétrico (5%) e viajar para fora do país (5%). “Outros” foi a escolha de 14% dos respondentes e “não participo de Carnaval”, de 10%.

A pesquisa também questionou quanto os foliões estão dispostos a gastar neste ano. Menos de R$ 500 foi a resposta de 30%, a maioria. Já 8% pretendem gastar entre R$ 500 e R$ 1 mil. Outros 5% devem desembolsar mais: entre R$ 1 mil e R$ 2 mil. Há ainda os que têm intenção de despender entre R$ 2 mil e R$ 5 mil. Essa fatia representa 6% dos respondentes. O levantamento mostra também que 5% vão gastar mais de R$ 5 mil. Em contrapartida, 28% responderam que não vão gastar nenhum centavo com a folia e 18% ainda não se decidiram.

Mudança de hábitos

Ainda não será neste ano que o Carnaval será promovido nos moldes tradicionais. Diante desse cenário de Carnaval em meio a uma pandemia, o TIM Ads quis saber o que o brasileiro costumava fazer nos dias da folia, quando as únicas máscaras necessárias eram as das fantasias. De acordo com o levantamento, 17% dos entrevistados afirmaram que participavam de blocos, 16% iam a festas, bares e shows e 15% aproveitavam o período para visitar a praia. A enquete também mostrou que 13% assistiam aos blocos e escolas de samba e 9% participavam de trio elétrico. Outros 8% viajavam pelo Brasil na data e 5% iam para fora do país. “Ficava em casa” e “outros” foram, empatadas, as respostas de 14% do público, enquanto que “não participo de Carnaval” foi a escolha de 10%.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments