quinta-feira, agosto 18, 2022
spot_img
InícioEconomiaInadimplência cresce e atinge 6,0 milhões de empresas em janeiro, revela Serasa...

Inadimplência cresce e atinge 6,0 milhões de empresas em janeiro, revela Serasa Experian

Dentre os negócios inadimplentes 52,0% pertencem ao setor de Serviços e 5,4 milhões são de micro e pequeno porte

A inadimplência cresceu e atingiu 6,0 milhões de empresas em janeiro de 2022, um aumento de 1,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. De acordo com o Indicador de Inadimplência da Serasa Experian, o segmento de Serviços foi o mais afetado, representando 52,0% das empresas negativadas. O índice também foi impulsionado pelo Comércio, que equivale a 38,7% do total.

As Indústrias afetadas significam 8,0% e o setor Primário apenas 0,9%. Confira no gráfico abaixo a oscilação dos números gerais de inadimplência:

De acordo com o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, o aumento da inadimplência das empresas era uma movimentação esperada para o país no início de 2022. “A estagnação econômica e a ascensão da taxa Selic criaram um cenário desafiador que afeta de forma negativa as finanças das empresas. Por isso, os empreendedores estão atuando com um fluxo de caixa reduzido, ao mesmo tempo que lidam com despesas maiores relacionadas ao encarecimento do crédito. Esse cenário, na maioria das vezes, resulta em inadimplência”.

MPEs representam parcela de 5,4 milhões dentre os inadimplentes
Em janeiro deste ano, as micro e pequenas empresas representaram a maior parte dos inadimplentes, com 5,4 milhões de negativados. Um aumento de 0,4% no comparativo com o mesmo período de 2021. A análise também revelou que o segmento de Serviços foi o único a demonstrar piora, com crescimento de 2,1%, enquanto a Indústria caiu 1,7% e o setor de Comércio teve queda de 1,2%.

Para conferir mais informações e a série histórica do indicador, clique aqui.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments