sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioNotíciasModelo é internada com acidente vascular isquêmico transitório pós-covid

Modelo é internada com acidente vascular isquêmico transitório pós-covid

Nas últimas semanas, a internet foi tomada por comentários sobre o problema de saúde envolvendo a esposa de Justin Bieber

Recentemente, Hailey Bieber, 25 anos, personalidade norte-americana, virou notícia nos principais jornais e programas de TV por ter sido internada por conta de alguns sintomas que se assemelham aos de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). 

Hailey estava tomando café da manhã quando os primeiros sinais de um AVC apareceram. “Comecei a ter sintomas de um derrame e fui levada para o hospital. Eles descobriram que eu sofria com um coágulo muito pequeno no cérebro, que causava a falta de oxigênio. Embora esse tenha sido um dos momentos mais assustadores pelo qual já passei, eu estou em casa agora […]”, relatou a modelo em sua rede social.

Acidente Vascular Cerebral tem acometido os mais jovens

A Dra. Vanessa Milanesi, diretora de comunicação da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), afirma que a doença é um dos motivos mais comuns de morte na população adulta em nosso país. “O derrame cerebral é a segunda principal causa de morte no Brasil e uma das mais recorrentes razões de sequelas e incapacidade no mundo. Por ser muito mais recorrente em idosos, as pessoas acham que os mais jovens estão livres de sofrerem um derrame, mas o que temos visto na prática clínica foi um grande aumento de casos envolvendo jovens e pessoas de meia idade, principalmente após a infecção pela COVID-19”, observa a médica.

Atenção aos primeiros sinais de um AVC

Os sintomas de um Acidente Vascular Cerebral podem incluir: dificuldade em andar, falar e compreender, paralisia ou dormência da face, da perna ou braço. Perda temporária da visão, tontura, vertigem e confusão mental.

O diagnóstico precoce de um provável derrame cerebral, ou acidente vascular isquêmico transitório (pequeno ataque semelhante ao AVC que, apesar de desaparecer depois de um tempo, requer atenção médica imediata), é fundamental para o tratamento e qualquer sintoma atípico deve ser investigado por um especialista.

“Ter um estilo de vida mais saudável, praticar atividade física, não fazer uso de tabaco, evitar uso de drogas e controlar a diabetes pode ajudar a reduzir em até 80% as chances de um problema nesse sentido”, finaliza a neurocirurgiã.

Vale lembrar que quanto mais rápido o atendimento for realizado, menores são os danos e maiores as chances de recuperação.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments