sábado, agosto 13, 2022
spot_img
InícioEsportesCavalo Árabe brilha durante o principal evento do turfe paulista

Cavalo Árabe brilha durante o principal evento do turfe paulista

Em dois páreos eletrizantes, válidos pelo GP Wathba Stallions Cup, RG EL BACK foi o vencedor entre os machos e MARLIZE RACH a vencedora entre as fêmeas da raça

Durante o principal evento do turfe paulista e segundo maior sul-americano, o cavalo Árabe brilhou. E foi na tarde do último sábado (14) quando aconteceu o Grande Prêmio São Paulo no Jockey Club de São Paulo, com a realização de dois páreos promovidos pela Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Árabe (ABCCA)

Com o apoio do patrocinador HH Sheikh Mansoor Bin Zayed Al Nahyan Racing Festival, dos Emirados Árabes, exemplares machos e fêmeas da raça, de 5 ou mais anos de idade, se enfrentaram na pista de grama pelo GP Wathba Stallions Cup For Colts I e GP Wathba Stallions Cup For Fillies I. Ao todo, em jogo uma bolsa de R$ 40 mil em premiação, sendo R$ 20 mil para cada páreo.

Abrindo os trabalhos no dia para as partidas do Cavalo Árabe no Jockey Club de São Paulo, seis machos se enfrentaram nos 1.600m. Mesmo largando em último e permanecendo na traseira até a reta final, RG EL BACK, sob o comando do jóquei R. Viana, deu uma arrancada impressionante e, nos 200 metros finais, assumiu a ponteira cruzando em primeiro na faixa final.

RG EL BACK (RG KARAT e ENDORA) é de criação e propriedade de Claudio Roberto Guimarães Ribas e foi treinado por E. Petrochinski. “Ele me surpreendeu, porque a linhagem dele é mais de distâncias longas e essa foi a primeira ou segunda vez que correu na milha. Ele largou em último, eu achei que não ia dar tempo, mas deu e ganhar no GP é uma maravilha”, comemora o treinador.

RG EL BACK

Disputa acirrada entre as fêmeas da raça Árabe

A disputa entre as fêmeas da raça Árabe também foi surpreendente. Ao todo, oito exemplares largaram pelo GP Wathba Stallions Cup For Fillies I, nos 1.400m na pista de grama. Na reta final, a decisão ainda não estava certa, mas nos metros finais MARLIZE RACH – sob o comando do jóquei W.Ariel – atropelou e assumiu a ponteira, se consagrando a vencedora do páreo.

MARLIZE RACH (EKSORT RACH e MUSA RACH) é de criação e propriedade do Rach Stud. “Uma corrida muito bacana, bem equilibrada, até o final não sabíamos quem ia ganhar”, conta Ricardo Saliba, do Rach Stud. “Foi muito importante ganhar, porque ganhou uma égua de criação nossa, pura polonesa, ela é irmã materna do Mentor Rach, que correu o páreo anterior, ela é neta do Polonês. O pai é Eksort, que a gente perdeu tem 20 dias. Então, foi uma homenagem bacana ao pai a vitória da filha”.

“A Marlize é uma potranca boa, que tinha uma vitória na distância mais curta e agora voltou a correr muito bem, deu uma atropelada bonita e conseguimos chegar no primeiro lugar. Ela é irmã do Mentor, que tem sete vitórias, e ela será uma futura reprodutora lá do Rach Stud. É um trabalho bem legal, acho que estamos há quase oito anos com as corridas aqui e é muito legal, gratificante quando ganha”, acrescenta Lucas Quintana.

Crescimento das corridas do Cavalo Árabe

Diretor de Esportes da ABCCA, Ricardo Saliba ainda aproveitou para convidar os demais proprietários de cavalo Árabe a entrarem nesse universo eletrizante dos turfes da raça. “Um ano que está começando, que vai ter muita coisa boa pela frente, muita premiação. A gente insiste que os proprietários de cavalo Árabe venham, tragam seus animais ao Jockey Club de São Paulo para prestigiar o programa de Corrida. É bom participar, como é no enduro, no halter. Aqui no Jockey Club de São Paulo é muito emoção e a gente fica gratificado com os resultados”.

Por fim, o Diretor de Corrida da ABCCA, Almir Ribeiro lembra que no próximo sábado (21) o Jockey Club de São Paulo irá sediar mais dois grandes páreos da raça Árabe. “Essa semana é a mais importante do turfe paulista, com esses dois páreos durante o GP São Paulo, e no próximo sábado teremos mais dois páreos, onde teremos todos os nossos animais Árabes em pista. No total, iremos distribuir, no total, R$ 80 mil de premiação e teremos, aproximadamente, 40 animais correndo nos quatro páreos”.

E o Diretor de Corridas da ABCCA ainda acrescenta: “Importante mostrar que o cavalo Árabe faz parte das corridas de cavalo na América do Sul, mais precisamente no Brasil, e que é uma atividade que vem crescendo cada vez mais. No dia 18 de maio teremos uma live, às 20h, pelo Instagram da ABCCA (@abccarabe), onde poderemos conversar um pouco mais sobre o presente e o futuro das corridas do cavalo Árabe no Brasil”, finaliza Ribeiro.

Instagram:@abccarabe | Facebook: ABCCÁrabe | YouTube: ABCCArabe

Por Natália de Oliveira e Verônica Formigoni/Cavalus Comunicação Equestre

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments