sexta-feira, agosto 19, 2022
spot_img
InícioEconomiaFundos imobiliários podem ser atraentes para quem quer viver de renda

Fundos imobiliários podem ser atraentes para quem quer viver de renda

Especialistas em finanças orientam sobre como investir para realizar esse sonho

Quando o assunto é o futuro financeiro, viver de renda é o sonho de muitas pessoas. Para realizá-lo, especialistas em finanças orientam a começar o planejamento logo. Saber como poupar e investir é uma etapa essencial para o processo. 

Primeiramente, é preciso compreender o significado de “viver de renda”. Em publicação feita para o portal da Serasa, a especialista em finanças pessoais Veridiana Lopes explica que “é financiar sua vida por meio de investimentos, que devido à construção do patrimônio e aplicações constantes, passam a te ‘pagar’ um salário por mês”. Dessa forma, ela esclarece que se trata de uma meta de médio a longo prazo.  

Para alcançá-la, é necessário recorrer à educação financeira, segundo o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) Reinaldo Domingos. Ele orienta que o primeiro passo é descobrir a quantia ideal para viver com tranquilidade no futuro, que pode ser calculada com base no padrão de vida que se leva atualmente. 

Após essa definição, Domingos aconselha iniciar o processo de poupar dinheiro. Os valores economizados deverão ser aplicados em investimentos que ajudem a aumentar o patrimônio financeiro, o que significa oferecer segurança e bons resultados.  

Ainda de acordo com o especialista, deve-se estudar sobre o comportamento dos investimentos para escolher os mais atrativos no momento. “O importante é apostar em várias frentes e diversificar a carteira”, orienta. 

Onde investir 

Quem pretende colocar em prática o sonho de viver de renda deve considerar o atual momento econômico, além da projeção para os próximos meses. A alta da Selic, fixada em 11,75% ao ano durante reunião realizada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) em março, aumentou a rentabilidade de produtos da renda fixa. A expectativa do mercado financeiro é que a taxa básica de juros continue subindo nos próximos meses. 

Os especialistas também alertam sobre o fato de 2022 ser um ano eleitoral no Brasil, o que tende a ocasionar oscilações no mercado. Por isso, a segurança dos ativos deve ser priorizada.  

Investir em fundos imobiliários (FIIs) pode ser uma estratégia interessante para quem deseja criar um patrimônio financeiro e viver de renda no futuro. “Os FIIs são a melhor forma de investir em imóveis”, afirma Reinaldo Domingos. Isso porque a aquisição de cotas possibilita a participação no imóvel, não sendo necessário ter o valor total para a compra de um shopping ou um edifício comercial, por exemplo.  

A remuneração do investidor acontece de duas formas: pelo recebimento de parte dos lucros relativos ao desempenho, como uma espécie de “aluguel”, ou pela venda das cotas depois de um processo de valorização. Os FIIs são considerados os investimentos mais seguros da modalidade renda variável. Por terem uma gestão profissional, facilitam o acesso dos investidores iniciantes. 

Outras alternativas para quem quer investir com o foco em viver de renda no futuro são os títulos públicos do Tesouro Direto, que têm o rendimento atrelado à Selic. Na avaliação de Veridiana Lopes, o Tesouro “permite previsibilidade, planejamento e facilidade para ter um futuro com muito mais liberdade financeira”. 

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é outra alternativa possível. Além de seguros, pois tem a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), essa classe de ativos também está rendendo mais, pois têm a remuneração atrelada ao CDI, taxa que mantém valores próximos à Selic.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments