terça-feira, agosto 16, 2022
spot_img
InícioCelulares5 maneiras de como fazer um poema ou poesia

5 maneiras de como fazer um poema ou poesia

Criar um poema pode ser um grande desafio para muitas pessoas, já que a criação deste tipo de texto não é muito estudada na escola ou mesmo em concursos e exames de admissão. E também pode-se notar que existem muitas frases que ficam nas entrelinhas dos poemas.

Uma coisa é certa, porém: todos nós temos um tremendo potencial criativo que muitas vezes fica inexplorado. Pense sobre isso e confira abaixo as dicas e instruções passo a passo para criar um poema.

1. Procure inspiração

A inspiração é muito importante para criar um poema, e a leitura de outros poemas pode ajudar. Conhecer os clássicos da literatura (Camões, Shakespeare, Dante, Cervantes, Machado de Assis, etc.) é importante, mas não temos que nos apegar a ela para encontrar inspiração.

Portanto, escolha, entre todos os tipos de poemas e autores, aquele que mais o inspira. Tente ler um soneto, um poema moderno, um haiku, um automóvel, etc. A variedade pode ser muito importante para iniciar esta jornada.

Cada um tem sua própria maneira de se inspirar: ouvir música, andar ao ar livre, olhar para as obras de arte, fazer artesanato, etc. Nesta fase inicial, é importante saber o que o inspira e procurar por essa inspiração.

2. Explore todos os seus sentidos

Junto com a dica anterior, podemos explorar todos os cinco sentidos de uma pessoa. Isto porque um poema é uma forma literária que muitas vezes nasce de nossa interação com o mundo, e os sentidos associados aos sentidos podem nos ajudar muito nisso.

No aspecto visual, podemos ver uma obra de arte ou mesmo algo tão simples como uma pessoa, uma árvore, um carro que passa. Junto com isto, podemos pensar em sons no mundo, seja a água derramada da torneira, o barulho de pássaros do lado de fora, ou mesmo crianças brincando ao ar livre.

Quando sentimos alguns dos cheiros que nos dão prazer, como o cheiro do café, o cheiro da chuva, podemos começar a criar. Não se esqueça que o gosto e o toque também fazem parte da criação. Assim também agravam estes dois sentidos, que podem consistir em comer ou beber algo prazeroso e sentir a textura das coisas.

Uma dica muito interessante é vendê-los e tentar reproduzir (em palavras) os objetos que eles tocaram, ou mesmo os sabores que eles provaram.

3. Escolha um tema para o poema.

Após este momento inicial de busca e de busca de inspiração, é hora de escolher um tema. É importante começar a pensar nas palavras e no que você quer dizer.

Neste momento, vamos explorar o que chamamos de “estrutura interna” que se relaciona ao conteúdo, o tema do poema. Pode ser algo que você tenha vivenciado recentemente, um momento importante com amigos, família, ou mesmo um objeto que você realmente gosta.

Não esqueça que tudo é real, e os poetas têm “licença poética” para explorar este mundo da maneira que eles querem.

4- Determine a estrutura externa do poema

Quando falamos da estrutura de um poema, estamos nos referindo à “estrutura externa”, ou seja, aos aspectos formais da obra poética, tais como: tipos de linhas, estrofes, esquema de rimas, etc.

Assim, após determinar o conteúdo do poema, é hora de decidir o que você prefere: um soneto com medidor ou um poema moderno no qual as linhas e estrofes são livres.

Não pense que todos os poemas são estáticos, têm rimas, ou usam palavras muito difíceis. Essa é a maior mentira de todas. Os poemas podem ser livres, ter poucas (ou muitas) estrofes, e conter linguagem informal.

5. Reler tudo lentamente.

Após a produção, é hora de revisar o texto. Uma revisão final é muito importante porque pode haver uma ortografia errada de um termo ou falta de um sinal de pontuação importante. Para fazer isso, leia o texto devagar e, se possível, em voz alta.

Se desejar, você também pode lê-lo para sua família, amigos, vizinhos, etc. Os comentários que você recebe podem ser valiosos para melhorar a criação de textos poéticos.

Este olhar “externo” também pode ajudá-lo a ver se a ideia foi bem esclarecida, se suas palavras fazem sentido para o destinatário. No entanto, não devemos sucumbir ou fugir às críticas porque elas são construtivas e nos ajudam a melhorar.

Se este é seu primeiro poema, não se preocupe se algo faltou. O importante é continuar aprendendo e se inspirar. A maestria vem com o tempo. Após a primeira vez, você sentirá que o processo se tornará mais natural e sem esforço a cada dia que passa. E ainda vai poder participar de concursos de poesia.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Generated by Feedzy